Pesquise no Site:

A diferença entre Motoclubismo e Motociclismo

Motoclubismo

Todo mundo já percebeu que, de um tempo para cá, o número de moto clubes brasileiros cresceu num volume inimaginável. Os motivos disso vão desde o aumento na venda das motocicletas, pela facilidade, pela necessidade e até pelo prazer que as pessoas descobriram no motociclismo e motoclubismo.

Elas perceberam, ainda, a alegria das viagens e dos encontros com os motociclistas dos motos clubes em todos os lugares do Brasil.

Acontece, entretanto, que até por desconhecimento pela falta de fontes oficiais de informação e até de literatura a respeito, os moto clubes surgiram sem nenhuma filosofia ou identidade próprias, o que contribuiu para que a expressão MC acabasse meio banalizada.

Neste momento surgiram os motoclubistas mais antigos que passaram a ensinar, de maneira tímida, como as coisas deveriam ser e muitas vezes de maneira pouco amistosas.

Muitos não sabem que apesar de a liberdade ser a maior bandeira do motociclismo, há basicamente duas coisas que garantem, sempre, a harmonia e o respeito entre todas as organizações: Hierarquia e Regras.

Todos hão de convir que, apesar da existência da filosofia sobre liberdade, no motoclubismo não se pode tudo

Os presidentes de moto clubes que possuem ideologia verdadeira e são sérios, não podem e não são tratados como motociclistas comuns; sabem, que determinados assuntos não podem ser tratados em qualquer lugar; que bandeiras de moto clubes não podem ser manuseadas por integrantes de outros motos clubes, sem a presença de pelo menos um membro do MC da bandeira, que em nosso meio, as mulheres e as crianças são muito mais respeitadas que em outros lugares, entre outras coisas.

Os valores e a boa conduta vão se perdendo na medida em que se criam pseudos moto clubes, até virtuais, que vendem seus brasões pela internet, onde seus integrantes não se conhecem, têm apenas um desenho costurado nos seus coletes, ás vezes nem isso, apenas camisetas estampadas e não está sujeita a nenhuma regra, hierarquia e pensam que podem tudo. Desde acelerar em eventos, fazer acrobacias em qualquer lugar, desrespeitar as leis de transito, entre outras barbaridades. Estes são os chamados “motoqueiros” independentes de sua cilindrada ou sua condição social este não são motoclubistas ou motociclistas, de forma alguma.

Apesar da liberdade que todos os motociclistas possuem, é fato que um MC de verdade, tem de ter regras internas próprias e severas para quem quer se associar a ele, descritas em seu estatuto.

Cargo de diretoria em um MC não é uma mera formalidade ou uma função para qualquer associado. Diretoria de MC é coisa séria. O integrante eleito a ser Diretor de um MC abre mão de muito tempo para se dedicar ao MC e fazê-lo ser respeitado defendendo o interesse de todos do Clube. Na maioria dos casos tem que deixa de estar com sua família para liderar um grupo e mantê-lo unido e respeitando as regras básicas de convivência. Juridicamente, responde até criminalmente pela Diretoria do MC se algo der errado, encabeça campanhas internas de segurança e de conduta no trânsito e em grupo entre outras coisas.

No motociclismo temos um código de honra silencioso, quase secreto, que nunca precisou ser escrito, mas quem faz parte dela sabe. Este código reza não deixar um irmão na estrada, não conhece o valor do dinheiro e ensina que todo motociclista merece respeito independente da marca ou cilindrada de sua moto.

Fazer parte da Família ‘TÉNÉRÉ’ não é simplesmente vestir um colete e sair para eventos, mas sim carregar em seu brasão com toda a sua historia, defendendo seus ideais e honrando os princípios dentro do motociclismo que é liberdade, irmandade e amizade.

Devemos manter e lutar para conseguir o respeito da sociedade. Então se você faz parte de um moto clube honre seu brasão e respeite o motociclismo…

No TÉNÉRÉ você não tem classificação social, não existe cor da pele ou profundidade do seu bolso, possuímos membros de varias classes sociais e de idades variadas. Somos todos irmãos, pertencentes a Família TÉNÉRÉ Moto Clube, por isso honre seu brasão e siga os princípios do motociclismo.

6 Comentários Sobre “A diferença entre Motoclubismo e Motociclismo

Júnior sillva

Muito bom seu texto irmão… Sou vice-presidente de um Motoclube e respeito muito o motociclismo …
Ass: (Dj) vice presidente MC IRMANDADE NO ASFALTO são Luís Ma

Reply
owgwhay thawbaty

_Belas palavras ditas com sabedoria e umidade, e mais que tudo o certo um MC não e só um desenho bordado nas costa de um colete ou se você anda de moto,e sim um tradição tão antiga com a criação das motos.

Reply
Andre Gonzaga

Boa tarde irmãos do TMC. Gostaria de fazer uma visita e conhecer o pessoal do TMC. Sou de SBCampo – SP mas moro no querido estado do Ceara desde 2011. Um amigo meu Marcio (Bombeiro) me apresentou o clube, gostaria de conhecer pessoalmente e se possivel fazer parte da irmandade. Abraços a todos.

Andre Gonzaga
(Schumacher)

Reply
Gunther Gomes Duarte

Bom dia!
Quero parabenizar pelo texto muito bem explanado, informações importantíssimas e de extrema necessidade a todos que fazem parte desse mundo do motoclubismo ou tenham o interesse de fazer parte de MC.
Parabéns ao TMC, o LEMC NACIONAES compactua com tudo que escreveste irmão…
Me permita copiar e compartilhar com os irmãos NACIONAES.
🇧🇷NSSN🇧🇷👊💀
PANTANAL!!!🐊

Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.